terça-feira, 3 de novembro de 2009

Julgamento, A Primeira Queda Humana

justica

Eu classificaria como sendo o primeiro ato falho que originou toda a ruína da raça humana o poder se julgar seus semelhantes. Se for analisada por uma ótica simplista o ato de julgar alguém baseado na sua própria subjetividade é algo totalmente irracional, como se poderia querer construir um mundo onde todos são iguais?

Mas creio eu que ninguém escapa de sentir o gosto de julgar o outro, como quando vemos um noticiário sobre bandidos que foram presos ou mortos, sentimos que eles realmente mereceram aquilo, que nós somos pessoas boas e eles são maus, nasceram maus e portanto merecem o castigo devido.

O sistema penitenciário mundial é uma tola desculpa para se poder liberar a agressividade humana de uma maneira aceitável, pode-se agir como animais e julgar e condenar outras pessoas, sem nem ao menos se saber o que as levou a cometer tal ato e as punem de tal modo agressivo que é claro que o objetivo não é ajustar ou recuperar o indivíduo e sim fazê-lo sofrer apenas.

Isso é visto diariamente em escala menor na sociedade, como em escolas onde existem crianças e adolescentes sendo vítimas de bulling por não corresponderem as expectativas do meio, no trabalho onde existe uma hierarquia em que você deve ter consciência da sua inferioridade ou superioridade em relação a outras pessoas e que todos parecem querer destruir aqueles que ameaçam a sua chance de promoção ou prestígio ao invés de se colaborar para um crescimento conjunto.

Consigo ter apenas uma vaga idéia de como surgiu esse poder de julgamento que ao ser experienciado pelo homem criou instituiçõe de pessoas que usaram da retórica sua arma para condenar o diferente e incutir a idéia de uma falsa utopia onde todos devem pensar e agir igualmente sendo punidos agressivamente aqueles que não correspondem a isso. Mas mesmo se tendo a idéia da origem disso não há nada que possa ser feito agora, o homem será a ruina dele mesmo.

Um comentário:

Afrodite disse...

Meudeus vc é show, realmente creio que tudo que há de errado no mundo é culpa do ser humano e tudo começou por ele julgar as pessoas, achar que o dele sempre é o certo e o do outro errado, se eu falar que nunca julguei eu estou mentindo, mas ja me julgaram muito, esse negocio de bulling passei muito na minha adolescencia e depois de adulta passada a perna em trabalhos e julgada pelos ditos "amigos" ainda mais os que souberam da minha sexualidade, como tenho pensando e a cada dia que passa mais se afirma. O MUNDO TA UMA MERDA PQ O SER HUMANO O TORNOU ASSIM.

bjs amore, agora miguxo de msn...rsrs